//
você está lendo...

Bonde

Ministério Público recebe relatório de modernização do sistema de bondes de Santa Teresa

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro recebeu o relatório de cumprimento parcial das obrigações referentes aos contratos do Programa Estadual de Transportes (PET) da Secretaria de Transportes para a modernização do sistema de bondes de Santa Teresa. Na Ação Civil Pública, ajuizada pelo MPRJ em 2008, o Estado e a Companhia Estadual de Engenharia de Transportes e Logística (Central) foram condenados a reformar os bondes, as vias férreas e aérea e a oficina.

Segundo o titular da 3ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva e Defesa do Meio Ambiente e do Patrimônio Cultural da Capital, promotor de Justiça Marcus Leal, os documentos serão analisados e, ainda esta semana, o MPRJ vai requerer à Justiça o cumprimento integral das obrigações contidas na sentença.

– O MP vai requerer que o Estado comprove, por meio eficaz, o que ele mesmo se comprometeu a fazer – afirmou o promotor.

No último dia 12, o subsecretário de Transporte e Presidente da Companhia Estadual de Engenharia de Transportes, Sebastião Rodrigues, explicou durante reunião realizada na sede do MPRJ, que os investimentos para a modernização dos bondes foram paralisados em decorrência da declaração de nulidade pelo Tribunal de Contas do Estado de contrato anteriormente firmado com a empresa TTRANS.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/mat/2011/09/13/ministerio-publico-recebe-relatorio-de-modernizacao-do-sistema-de-bondes-de-santa-teresa-925346047.asp#ixzz1XraEknsg

© 1996 – 2011. Todos os direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.

  • Os bondes são Monumentos Históricos, devem conservar os seus elementos mecânicos originais. Se no ano 2000 TODOS eles estavam em serviço, com a convenientemente manutenção, eles ainda deverian trafegar as ruas de Santa Tereza.
    O negôcio dos bondes “Frankestein” deve ser clarificado para determinar as implicações legais.
    Se os verdadeiros Bondes foram sucateados, para serem substituídos por os chamados “VLTs”. Isso é um delito claramente punível.
    ABÇ
    Leonardo

    • Anônimo

      Isso!!! Voltemos aos burros puxando o bonde. Progresso nunca mais!!!