//
você está lendo...

Meio Ambiente

A polêmica ampliação do Museu Chácara do Céu em debate

O Museu Chácara do Céu recebeu verba do BNDES para fazer uma ampliação que gera bastante dúvidas no bairro. A obra desmatará 1000 m2 da área verde do museu, descaracterizando tanto o imóvel como o jardim, este último projetado por Burle Marx, ambos tombados pelo IPHAN desde 1974. Também está previsto no projeto um auditório para 100 pessoas, que deve atrair eventos de diversos tipos e tamanhos para o bairro. Para apresentar este projeto, tirar dúvidas e propor soluções, a Amast convidou a diretora do museu, Vera Alencar, para uma reunião pública no auditório do Parque das Ruínas, localizado ao lado do Museu Chácara do Céu na Rua Murtinho Nobre.

Será no dia 14 de junho, terça-feira, às 19 h

Apareça, participe! Contribua para o debate sobre o futuro de Santa Teresa!

  • Zuzuca

    Seria importante termos representante do IPHAN, órgão competente para informar sobre a aprovação no âmbito das legislações, para não ficarmos em elucubrações sem fundamentos. 
    Acho fundamental pensarmos que o Parque das Ruínas é um importantíssimo Museu, e, para nossa alegria, está em Santa Teresa, podendo ter um  um bom plano de sustentabilidade. 
    Percebemos que o veto ao Santa Música promoveu muita polêmica e mostrou que há grande demanda por eventos em Sta Teresa.
    Sou totalmente favorável a eventos regulares de tamanho adequado e controlado, de preferência fortalecendo instituições/espaços públicos como Chácara do Céu, Parque das Ruínas, CCult Laurinda Santos Lobo, que nunca conseguem regularidade.
    Vale também pensar o transtorno constante na Rua Murtinho Nobre, particularmente complicada para acessoa a eventos, e o que este projeto ajuda nesta direção e noutras para o bairro e comunidade.

  • Isabel Kuster

    Muito bom, apoiado, só não poderei ir, infelizmente, mas estarei torcendo por nós. Nos mantenham informados por favor. Abraços Amastianos. Isabel